Regulamento do Prêmio de Jornalismo da AMP

O Prêmio AMP de Jornalismo é uma iniciativa da Associação Mineira de Psiquiatria que visa premiar e reconhecer trabalhos jornalísticos veiculados em jornais, revistas, emissoras de rádio e de televisão com sede em Minas Gerais, que tiveram como objetivo desmistificar vários aspectos que envolvem os transtornos mentais, o estigma que pesa sobre a psiquiatria e outros assuntos relacionados à especialidade e seus pacientes.

Enviar Arquivo

  • 1. INSCRIÇÃO
    • 1.1. O ato de inscrição implica a sujeição ao presente Regulamento.
    • 1.2. Poderão concorrer trabalhos jornalísticos de autoria de um ou mais profissionais de Imprensa, independentemente da forma como se apresentem, sejam artigos, reportagens ou séries de reportagens, originalmente publicados em jornais ou revistas ou veiculados em emissoras de rádio ou televisão de Minas Gerais no período de 14 de junho 2018 a 20 de maio de 2019.
    • 1.3. Para inscrever-se, o jornalista deverá acessar o site da XXI Jornada Mineira de Psiquiatria (www.psiquiatria2019.com.br), preencher o formulário disponível na página “Concursos da AMP” e anexar arquivo digital do trabalho concorrente, em formato PDF para material impresso das matérias jornalísticas ou link válido e público para acesso ao vídeo ou áudio das matérias exibidas em emissoras de TV ou rádio.
    • 1.4. Cada jornalista poderá inscrever um máximo de 2 (dois) trabalhos, concorrendo à mesma categoria (Mídia Impressa, Televisiva ou Radiofônica) ou categorias diferentes.
    • 1.5. Para cada trabalho deverá ser preenchida uma ficha de inscrição.
    • 1.6. O prazo final de inscrição é 25 de maio de 2019.
    • 1.7. Só serão avaliados trabalhos que contenham elementos de informação jornalística, não sendo avaliados ensaios de imagem, efeitos especiais, ou ainda trabalhos de importância meramente técnica ou artística.
    • 1.8. Em caso de reportagem sem identificação do autor (assinatura na matéria impressa, inserção do nome do autor na matéria televisiva ou identificação sonora na matéria radiofônica) ou assinado com pseudônimo, sua autoria deverá ser atestada pela direção ou chefia de jornalismo do órgão em que foi veiculada, que deve ser anexada à ficha de inscrição.
    • 1.9. Não serão consideradas informações posteriores às constantes do ato de inscrição, exceção feita à necessidade de esclarecimentos sobre os trabalhos inscritos, motivados por dúvidas suscitadas pela Comissão de Avaliação.
  • 2. JULGAMENTO
    • 2.1. A Diretoria da AMP nomeará 6 (seis) membros da Comissão de Avaliação, escolhidos entre profissionais com efetiva experiência adquirida pela atuação em veículos de comunicação e/ou profissionais ligados à área de psiquiatria, sendo suas decisões soberanas, respeitado o disposto neste Regulamento, e isentas de quaisquer interferências por parte da Diretoria da AMP, delas não cabendo qualquer espécie de impugnação ou recurso, seja a que pretexto for.
    • 2.2. O julgamento dos trabalhos será realizado em duas etapas distintas.
      • 2.2.1. Na primeira etapa os trabalhos de cada categoria (Imprensa, Televisão ou Rádio) serão entregues a 2 (dois) membros da Comissão Avaliadora, que deverão atribuir notas de 01 a 10 para cada trabalho, admitindo-se notas fracionadas em decimais. Os cinco trabalhos de cada uma das categorias que obtiverem maior pontuação serão considerados finalistas.
      • 2.2.2. Havendo necessidade de desempate entre trabalhos que tenham obtido a mesma pontuação, o primeiro critério será a supressão das menores notas recebidas por cada trabalho. Caso persista o empate caberá ao Membro da Comissão de Avaliação de mais idade, encarregado de julgar as reportagens da categoria, decidir quais trabalhos serão acolhidos como finalistas.
      • 2.2.3. Na segunda etapa a Comissão de Avaliação, reunida, escolherá entre os trabalhos finalistas o vencedor de cada categoria.
    • 2.3. O resultado do Prêmio AMP de Jornalismo será divulgado no dia 20 de junho de 2019, durante a Sessão de Abertura da XXI Jornada Mineira de Psiquiatria e nas redes sociais da Associação Mineira de Psiquiatria.
    • 2.4. Os vencedores do Prêmio AMP de Jornalismo serão convidados a comparecer para receber o seu prêmio na sessão de encerramento da XXI Jornada Mineira de Psiquiatria, dia 22 de junho de 2019.
    • 2.5. Os vencedores das categorias TV e Rádio deverão enviar seus trabalhos, gravados em pen drive, para exibição durante a Sessão de Premiação. Esta gravação deverá conter as imagens e o som originais efetivamente exibidos, sem supressões nem acréscimos, sendo obrigatórias, como complemento, as vinhetas eletrônicas/digitais da emissora e da rede, além das chamadas introdutórias do programa ou noticiário.
  • 3. PREMIAÇÃO
    • 3.1. Aos trabalhos indicados como vencedores pela Comissão de Avaliação serão atribuídos os seguintes valores brutos, sobre os quais recairão os impostos exigidos por lei:
      Reportagem impressa (jornal ou revista) - R$ 2.000,00
      Reportagem de televisão - R$ 2.000,00
      Reportagem radiofônica - R$ 2.000,00
    • 3.2. Os prêmios são pessoais e intransferíveis, garantindo-se ao vencedor um diploma alusivo à premiação, além da importância correspondente.
  • 4. CONSIDERAÇÕES FINAIS
    • 4.1. Os trabalhos inscritos poderão ser objeto de reprodução, no todo ou em parte, em iniciativas de responsabilidade Associação Mineira de Psiquiatria, como peças promocionais, livros, revistas, folhetos, vídeos, filmes, sites, aplicativos ou outros, onde predomine o caráter informativo/cultural, com a finalidade de exaltar o trabalho jornalístico, independentemente de qualquer licença, remuneração ou pagamento ao seu autor ou autores, excetuados os casos de premiação estabelecidos neste Regulamento, sendo obrigatória, contudo, menção à autoria.
    • 4.2. Caberá exclusivamente ao(s) autor(es) do(s) trabalho(s) inscritos a responsabilidade perante terceiros decorrente do seu conteúdo.